terça-feira, 19 de dezembro de 2017

FINS E COMEÇOS

Você já deve ter ouvido sobre uma perda sentida que tive na semana que passou. Minha mãe partiu e toda partida dói. Mas eu me senti amparada o tempo todo. Não foi só a certeza do mundo espiritual estar no comando, mas também as emanações de energia positiva que sei que foram enviadas para mim e para minha família. Por isso sou eterna e profundamente grata.
Eu também sabia que este ano traria finalizações e que a Lua Nova, que começa hoje, traria novos começos. De certa forma, isso nos prepara um pouco também.
A tristeza é normal, mas quando compreendemos que a vida tem um ritmo e que esse ritmo inclui as dezenas de encarnações que temos, vemos as coisas de um ângulo diferente. É como se pudéssemos flutuar e ver a situação de um ponto de vista mais alto, sabe?

Meu pai e eu estamos bem, lidando com a tristeza que vem em ondas quando a ausência é sentida. Mais uma vez, preciso dizer que sou grata demais pelo amparo do mundo espiritual e pelo seu carinho, pelos pensamentos e energias que foram direcionados a nós com cuidado e amor por milhares de pessoas, especialmente ontem, quando na despedida final, a dor foi inevitável.

Mas talvez você esteja se perguntando por que eu estou escrevendo esse e-mail ao invés de estar vivendo o luto chorando pelos cantos. E eu vou dizer o porquê. Ontem de noite eu estava meio triste. Cantei um mantra e senti um vazio. A Cherrie, percebendo minha solidão, veio dormir comigo. Ela me ajudou, mas eu me senti solitária. E então eu comecei a pensar no que tinha que fazer nessa semana. Por incrível que pareça, saber que eu tinha guirlandas e poções para fazer me alegrou. Minha tia ontem usou duas das poções que levei no funeral e se sentiu muito melhor. Pediu que eu trouxesse mais no Natal. Isso me alegrou. Pensei ontem que gostaria de fazer um vídeo falando sobre como lidar com perdas. Percebi então que tudo que tivesse a ver com levar algo de bom para as pessoas e para o mundo me alegrava. Peço perdão a quem acha um desrespeito, mas no momento, minha forma de me curar é fazer o meu melhor para você e para as pessoas que me cercam.

Peço desculpas pelos atrasos dos bônus que ainda não foram de Deusas Negras e os últimos pacotes do Círculo de 13 Dias de Magia para 2018, mas até eu tenho um limite. Estarão partindo essa semana. E agradeço a você por estar me lendo, me vendo, me ouvindo. Por participar das minhas campanhas e lançamentos. Por ler meus livros, acompanhar meus vídeos, minhas aulas e workshops presenciais e online. Isso sempre fez meu coração feliz, mas nesse momento de dor eu percebo o quão importante isso é.

Amanhã já enviarei um e-mail de uma novidade para essa semana. Espero que você goste!

Beijos e um bater de asas que sopre e espalhe os ventos da gratidão!


Nenhum comentário:

Postar um comentário