quarta-feira, 21 de junho de 2017

UM RITUAL DE SOLSTÍCIO DE INVERNO




Olá, pessoa mágica!

Estou passando rapidinho para dar um ritual simples que pode ajudar muito mais do que você pensa. Estamos entrando no Inverno, onde as noites são mais longas e tendemos ao recolhimento. É um momento que lembra muito a carta O Ermitão, onde precisamos lidar com a solidão e a escuridão. Por incrível que pareça, é quando olhamos para essa escuridão que as luzes começam a se acender e percebemos com mais clareza o sofrimento desnecessário, o tempo perdido, o amor mal amado e as dores sentidas. E então podemos mudar! O Inverno é uma delícia para ver televisão e ler livro debaixo das cobertas, com cachorro e gato por cima de nós, mas também é o momento de auto avaliação para que possamos retornar na Primavera com leveza o bastante para florescer! Segue um ritual simples que você pode fazer de hoje a sete dias!



O que você precisa:

3 velas pretas
Sal grosso
Uma bacia com água
Pedras escuras (turmalina negra, ônix, quarzto fumê, ametista)



Acenda as velas pretas e coloque-as em triângulo, com você no meio, voltada para a direção Norte, uma das bases do triângulo. Chame pelos Deuses e Deusas do Inverno. Se tiver preferência por algum, chame pelo nome. Se não, chame apenas Deuses e Deusas das Noites Mais Longas. Peça-lhes que possam assessorar você em seu ritual, orientando e protegendo. Respire profundamente e relaxe. Entoe um cântico que seja só um murmúrio, de olhos fechados. Então, diga:

“Eu olho para o lado escuro da Lua. Eu vejo a escuridão que há em mim. E eu a acolho, pois faz parte de mim. E eu a perdoo, pois me fez crescer. E eu a liberto, pois preciso renascer.”



Pegue uma pedrinha de sal grosso e pense em algo na sua vida que te deixa triste, frustrado, incomodado, furioso, enfim, algo que suscite sentimentos ruins. Diga o encantamento em voz alta e coloque a pedrinha na bacia. Faça isso quantas vezes forem necessárias, até ter terminado com seus momentos ruins. Olhe para a bacia e sinta-se leve, vendo que a pedrinha desapareceu. Quando as pedras desaparecerem na água, molhe suas mãos, dizendo:

“E assim, assim, e não de outra forma, eu devo morrer. Com minhas dores e minhas tristezas, que a água das lágrimas leva embora. E assim, assim, e não de outra forma, eu devo renascer. Leve e livre para alçar novo voos agora. Assim seja, assim se faça, assim é e assim está feito!”

Retire as mãos da água e deixe-as secar naturalmente enquanto medita sobre a vida que você tem sem os pesos dos quais se livrou. Quando suas mãos estiverem secas, agradeça e encerre o ritual. Jogue a água fora e deixe as velas pretas queimarem até o fim.

Um Feliz Yule pra você!

Eddie Van Feu

quarta-feira, 24 de maio de 2017

UM RITUAL DE CONEXÃO COM OS CIGANOS


Aproveitando o Dia de Santa Sara, vamos conectar com esse povo mágico!

Este é um ritual simples, mas de excelentes efeitos. A música me foi “passada” na noite anterior ao Wiccanique[1] do Rio de 2009, quando eu estava quase dormindo. Abri os olhos ao ouvir a música, mas ela sumiu. Quando estava quase dormindo, lá veio ela de novo e depois que ouvi inteira, falei para as Vozes: “Vocês não vão querer que eu levante agora pra escrever, né?” Eu estava pregada! Pedi que, por favor, me lembrassem da música no dia seguinte. E elas lembraram. Aquele era o último Wiccanique do Rio e terminar com a egrégora cigana um ciclo de encontros entre amigos mágicos era uma boa ideia. 


A intenção deste ritual é a conexão com os Ciganos, uma egrégora poderosa e muito feliz, mas que sabe proteger e defender como ninguém! Eles podem trazer alegria, amor, beleza, autoestima e dinheiro para a vida de quem aceitar sua amizade, pois eles, como todas as forças do bem, ficam felizes em ajudar. Não é preciso ter sangue cigano nem nada. Só o desejo de aceitar uma amizade valorosa e saber honrá-la.

Aliás, honrar amizades valorosas é uma coisa que muita gente ainda precisa aprender... Infelizmente, só o tempo ensina certas coisas. O problema é que dói! Pena pra elas.

O que você vai precisar:

Frutas
Flores
Vinho ou suco
Pão doce grande e bonito
Pandeiros e chocalhos
Roupas coloridas ciganas
9 velas coloridas (dourada, vermelha, azul, rosa, amarela, laranja, verde, branca, prata)
Uma imagem de cigano ou cigana (o ideal é ter os dois, mas pode comprar um de cada vez)
Incensos


Este é um ritual que tem mais efeito se feito em grupo. Reúna alguns amigos que queiram fazer contato com os ciganos. Cada um deve preparar um prato, de preferência da tradição cigana, e levar seu cigano e/ou cigana em representação (há belas estátuas em gesso ou porcelana em lojas especializadas). Arrume a mesa com frutas, flores, vinho, sucos e um belo pão doce. A mesa deve ser coberta por uma toalha de qualquer cor viva. Ela pode ser estampada, mas não pode ter preto.



As estatuetas devem ser lavadas em água da chuva ou de cachoeira previamente. No dia do ritual, devem ser colocadas no centro da mesa e cercadas pelas nove velas coloridas, colocadas em castiçais. Se não tiver castiçais, podem ser pires bonitos. Lembre-se de que rituais com ciganos e fadas sempre prezam a beleza. 


Todos devem se vestir belamente, com lenços, saias coloridas e arrumar um instrumento mágico. Para este ritual, basta um pandeiro, um chocalho e incensos. Então, todos juntos, devem dar as mãos em círculo e fazer uma oração de abertura de ritual. Segue um exemplo:

Oração de abertura de portais:

Grande Mãe de todos os mares e rios
Grande Pai de todas as florestas e bosques
Permitam que estes teus filhos caminhem em segurança
Pelas trilhas da magia da Lua e do Sol
Grande Mãe, nos cubra com seu manto,
Grande Pai, nos dê a coragem e a proteção,
Que a chave para os reinos superiores
Esteja na sinceridade de nosso coração.
Que se abram os portais para os Ciganos,
Que se abram os portais para estes seres de Luz intensa
Que se abram os portais pela tua divina vontade
Que nos cubra agora tua luz suprema e graça imensa
Para que possamos com eles aprender e viver a bondade
E cumprir sagradamente nossa missão na terra.
Que se cumpra o plano divino em luz e graça,
Assim seja, assim se faça.



Neste momento, todos vão sentir que há algo diferente no ar. A oração deve ser feita de olhos fechados e é normal sentir que há muito mais gente presente do que realmente há. Não se deve ter medo, pois o medo fecha novamente os portais. Lembre-se que são amigos que estão chegando, não vão lhe fazer mal porque você está sob a proteção divina, você está sob o manto da Grande Mãe, que alguns vêem como Nossa Senhora e outros vêem como a Deusa. Você está sob a proteção do Pai, que alguns vêem como Deus, e outros vêem como a Força Criadora de Tudo no Universo. Nomes não importam aqui. Importa que você está sob a proteção DIVINA. Confie e não tenha medo.



Acenda as velas, seguindo a ordem abaixo e fazendo a invocação para cada uma:

Vela dourada:
Ciganos da Luz Dourada, Povo do Oriente e do Sol Ardente, sejam bem-vindos!

Vela Prata:
Ciganos da Luz Prateada, Povo da Lua e da Noite Estrelada, sejam bem-vindos!

Vela Branca:
Ciganos da Luz Branca, Povo da Inocência e Pureza, que sempre vê a verdadeira natureza, sejam bem-vindos!

Vela Amarela:
Ciganos da Luz do Sol do Meio-Dia, Povo da Clareza e da Criatividade, que sempre pensa e age com velocidade, sejam bem-vindos!

Vela Laranja:
Ciganos da Luz do Sol Poente, Povo dos Ventos da Mudança e da Sabedoria da Arte, que dá segurança a quem chega e proteção a quem parte, sejam bem-vindos!

Vela Vermelha:
Ciganos da Luz Vermelha, Povo da Espada e dos Punhais, que protegem e defendem os inocentes, seja aqui, seja nos umbrais, sejam bem-vindos!

Vela Verde:
Ciganos da Luz Verde, Povo das Ervas e dos Bosques, que dá saúde e sustento e aos seus protegidos está sempre atento, sejam bem-vindos!

Vela Rosa:
Ciganos da Luz Rosa, Povo do Amor e da Beleza, cuja juventude é eterna nos anos que passam com leveza, sejam bem-vindos!

Vela Azul:
Ciganos da Luz Azul, Povo da Abundância e da Fartura, da Justiça e do Poder, sempre prontos a numa injustiça interceder, sejam bem-vindos!



Assim feito, acende-se nove varetas de incenso e começa-se a dançar e cantar a seguinte cantiga. Para saber a melodia, você pode ouvi-la no alcateia.com, no link de Wicca e Magia, mas se você não souber, pode criar sua própria melodia. O importante agora é se soltar, é tocar o pandeiro e os chocalhos, bater palmas e dançar. Essa é uma forma de dar as boas-vindas aos ciganos, pois eles gostam de espontaneidade, de brincadeiras, de dança e música. Eles não gostam de pessoas que têm vergonha de se expor. Pessoas assim indicam duas coisas: ego e covardia. Ego porque todo tímido na verdade acredita que estão prestando atenção nele. Covardia porque a pessoa tem medo de não ser perfeita no que faz e do que os outros vão pensar. A cantiga vai pegando ritmo e a cada refrão, alguém entra na roda e faz a pergunta: “Cigano, quer ser meu amigo?” ou “Cigana, quer ser minha amiga?” E os outros respondem o refrão. Deve-se repetir a música quantas vezes forem necessárias para que se estabeleça a energia cigana no local e nas pessoas. No final, a música fica cada vez mais rápida até que termina. A tendência é girar. Essa tendência é típica para que a energia da entidade possa se aproximar da sua, como se misturássemos uma massa de bolo, entende?



É normal sentir muita alegria e um êxtase difícil de explicar. Médiuns podem incorporar e nesse caso não há de se entrar em pânico. A mediunidade não é nenhuma doença, é, pelo contrário, um dom, um talento, que quando bem trabalhado pode ajudar a pessoa a realizar belíssimos trabalhos.

Cantiga da Amizade Cigana
Cigano com o pé na estrada
Cigana de saia rodada
Trazem beleza e ouro
Defendem com faca e espada

Cigano, quer ser meu amigo?
Teu amigo eu sempre serei
Seguindo o caminho do ouro,
Contigo sempre estarei.

Cigana, quer ser minha amiga?
Tua amiga eu sempre serei
Seguindo a estrada do amor,
Contigo sempre estarei.
Cigano com o pé na estrada,
Cigana de saia rodada,
De dia o sol brilha alto,
Depois é noite estrelada!



Note que a música é mais profunda do que parece. O ouro citado não significa apenas o dinheiro, mas a nobreza de espírito, a moral, a retidão de caráter. O Cigano garante ser leal a você e estar sempre ao seu lado enquanto você seguir o caminho do ouro, ou seja, da prosperidade E DA NOBREZA. A Cigana estará ao seu lado enquanto você seguir o caminho do amor, que é um caminho de escolhas muitas vezes difíceis. Muita gente acha que ama o outro, mas ama somente a si mesmo. No primeiro verso, aprendemos que os ciganos trazem a beleza e o ouro, mas sabem lutar quando preciso. No último, aprendemos que quando o dia termina, começa uma noite bonita. Para os ciganos, não deve haver um momento ruim. Todo passo da caminhada é parte do caminho. Se o dia é a vida e a noite é a morte, se o dia é o que você conhece e a noite o que lhe é desconhecido, não importa. Ambos possuem sua beleza e devem ser apreciados como parte do caminho que nunca termina.


A partir daí é aproveitar a energia cigana! Faça um prato bonito com tudo o que tiver na mesa, de frutas, doces, pães e salgados e coloque diante das estatuetas, no meio das velas, oferecendo ao povo cigano e pedindo que aquela comida se multiplique em seus lares e em todos os lares do mundo, para que a fartura e a abundância sejam sempre suas companheiras. Coloque também uma bela taça de vinho, fazendo a oferenda e pedindo que os ciganos possam sempre estar presentes em sua vida, dando-lhe vigor e coragem. Então, você e seus amigos podem colocar música animada (cigana, com banjo e violão, como preferir) e comer e beber na companhia dos seus ciganos. Riam bastante e fiquem abertos às presenças e sons, pois é comum que os ciganos se manifestem fisicamente.

Quando o ritual tiver terminado, agradeça ao Grande Pai e à Grande Mãe que permitiram esse encontro e à presença de todos os ciganos. Peça-lhes que possam voltar sempre que você precisar de sabedoria e orientação. Este é só um primeiro encontro, então não precisa pedir nada. Eles saberão do que você precisa. A partir daí, ficará muito mais fácil conectar com os Ciganos, receber seus conselhos, assim como uma mãozinha na prosperidade, amor e saúde.

Você pode fechar o ritual da mesma forma que abriu. Com uma canção e alegria. Esta é uma velha cantiga dos escravos que eu cantava nas rodas de capoeira:

Eu vou!
coro: Minha comadre
Eu vou-me embora!
coro: Minha comadre
Eu vou com Deus
coro: Minha comadre
E Nossa Senhora!

A partir de então, sua imagem (ou imagens) de ciganos estão encantadas e representam a presença cigana na sua casa e na sua vida. Eles são grandes amigos, excelentes guardiões e iluminam tudo com sua alegria e magia.

Do livro Magia Cigana em Todas as Cores, de Eddie Van Feu (www.linhastortas.com)

terça-feira, 23 de maio de 2017

AUTOSSABOTAGEM



Como estou pegadíssima de trabalho aqui e praticamente só paro para dormir, comer e tomar banho, eu não ia fazer a LIVE de hoje. Mas aí eu pensei... Pô, já tirei tudo! Acho que posso fazer uma live! Então, me encontre aqui às 20 horas para um bate papo ao vivo com o tema AUTOSSABOTAGEM. Nem sempre ele é claro! Às vezes achamos que o fracasso acontece por fatores externos... Só que não. Me encontre aqui às oito da noite!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

FEITIÇO DAS ONDINAS PARA UNIÃO


Vamos dar um gás na vida amorosa antes do Dia dos Namorados chegar?

Feitiço das Ondinas para União

Você vai precisar de:

1 porção de manjar de baunilha
2 claras batidas com açúcar em ponto de suspiro
1 cacho de uva-verde
50 cm de fita branca
1 incenso de maçã-verde
1 travessa de vidro
1 vela de 7 dias branca
1 papel branco
2 velas brancas comuns




Escreva a lápis no papel o nome da pessoa amada e o seu por cima. Coloque na travessa. Deite o manjar por cima e cubra com o suspiro. Escreva novamente os dois nomes na fita e dê um laço com ela no cacho das uvas. Ponha no meio da travessa. Acenda o incenso e a vela e, quando a vela terminar, leve tudo para a beira de um rio ou cachoeira e coloque ali. Acenda as duas velas comuns, dizendo:

“Senhora do amor, pelo branco da paz, faça com que
meu pedido seja atendido.”

Ofereça às ondinas.

Conheça o Círculo de 13 Dias de Vênus, uma poderosa bateria de rituais para amor, beleza, autoestima e relacionamentos!


quarta-feira, 17 de maio de 2017

VEEEENHA, VÊNUS!!!!

Vamos Vênus! Vamos deixar todo mundo rico e bonito!!! Ontem eu fiz um LIVE falando sobre todos os problemas que podem ter em sua raiz desequilíbrios com a energia de Vênus! Se você perdeu, aí vai ele!



E se você identificou alguns pontos nesse vídeo ou se gostaria de se afinar com a energia positiva de Vênus com beleza, sexualidade, amor, dinheiro e prazer, participe do Círculo de 13 Dias de Magia com Vênus! É totalmente online e você recebe as apostilas com lista de material e instruções por e-mail! Do dia 02 ao dia 14 de junho nós trabalharemos com Afrodite, Artemis, Oxum, Lakshimi, Fadas e Ciganos, e reaprenderemos a viver com beleza e riqueza! Veja os detalhes AQUI:




Porque estar de bem com Vênus faz TODA a diferença!

sexta-feira, 12 de maio de 2017

ÚLTIMO DIA DA JAI! E SÓ TENHO A DIZER OBRIGADA!!!



E nossa J.A.I. está terminando! Foi uma loucura e correria tanto fazer essas quinze palestras ricas em informação sobre prosperidade e abundância quanto para acompanhar! Mas está sendo muito legal receber os comentários e ver as mudanças nas vidas das pessoas já acontecendo! Eu e minha equipe agradecemos imensamente a você que está se esforçando para participar da JAI e compartilha suas experiências!

Se você perdeu alguma, ou se viu todas mas gostaria de ter acesso a todas as 15 palestras, mais e-book, transcrição, áudio, reprogramações e outros bônus, adquira um de nossos pacotes! APROVEITE O PREÇO DE LANÇAMENTO! A partir do dia primeiro de junho os pacotes passarão ao seu preço normal, ficando consideravelmente mais caros.


PACOTE PRATA
R$199,90
Acesso às gravações das palestras por um ano
Áudios das palestras em mp3 para ouvir em qualquer lugar
Vídeo e PDF com exclusivo ritual de riqueza com a Cabala
Vídeo e PDF com exclusivo ritual de encantamento de anel de Júpiter para poder pessoal e conquistas materiais
Áudio em mp3 com Reprogramação com o subconsciente

PACOTE OURO
R$349,90
Acesso ilimitado às gravações das palestras
Áudios das palestras em mp3 para ouvir em qualquer lugar
Vídeo e PDF com exclusivo ritual de riqueza com a Cabala
Vídeo e PDF com exclusivo ritual de encantamento de anel de Júpiter para poder pessoal e conquistas materiais
Áudio em mp3 com Reprogramação com códigos numéricos de Agesta
Áudio em mp3 com Reprogramação com códigos numéricos de Grabovoi
Áudio em mp3 com Reprogramação com Reconstrução da Realidade com os Dragões
Áudio em mp3 com Reprogramação com o subconsciente
Áudio em mp3 com Reprogramação com Saint Germain
Áudio em mp3 com Reprogramação com Arcanjo Uriel
Transcrição das Palestras
E-BOOK EXCLUSIVO O LIVRO DOURADO DAS GRANDES RIQUEZAS de Eddie Van Feu, com as melhores magias de prosperidade e abundância, incluindo mantras, símbolos e encantamentos.

Adquira AQUI: http://eddievanfeu.klickpages.com.br/jornada


UM ELIXIR PARA O AMOR

Nosso Círculo de Vênus está chegando e resolvi compartilhar alguns truques e dicas básicos para curar alguns probleminhas que Vênus (a falta dela) nos traz! Aí vai um ótimo elixir para o AMOR:

Elixir de ágata

Numa terça-feira, pegue uma xícara de leite e coloque três gotas de baunilha. Coloque uma ágata dentro e diga com firme intenção:

Eu desperto o poder deste cristal
Com o poder da Terra e seu elemental
Desperto com o poder da Divindade
Desperto com o poder da Unidade
Que este elixir seja agora sagrado
E desperte em mim o amor perfeito
Este filtro é em luz consagrado
E coragem me dará
Para aprender a amar
Em luz e graça,
Assim seja, assim se faça

Beba o leite e coloque a pedra sobre sua cabeceira e repita esse ritual todas as terças-feiras, por nove semanas seguidas. A ágata beneficia o amor, a abundância, a riqueza, a sorte, a longevidade, a harmonia, a coragem, a proteção e a confiança. Equilibra o corpo, a mente e o espírito, melhora a auto-estima e dá vitalidade. Fortalece também o sistema imunológico.

Conheça nosso Círculo de Vênus aqui: http://eddievanfeu.klickpages.com.br/venus